Defeso do caranguejo-uçá acontecerá em períodos de janeiro, fevereiro e março

0

Os períodos de proteção da reprodução do caranguejo-uçá devem ser cumpridos neste mês de janeiro em Sergipe, em todos os outros estados do Nordeste e também no Pará. De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), termina neste o domingo (7) a proibição de captura, transporte, beneficiamento, industrialização e comercialização da espécie. Em janeiro a proibição retornará entre os dias 17 e 22.

Em 2018, o segundo período de defeso do caranguejo-uçá será de 1º a 6 de fevereiro e de 16 a 21 de fevereiro e a terceira etapa de proibição de 2 a 7 de março e de 18 a 23 de março.

A proteção da reprodução corresponde aos períodos conhecidos como ‘andada’, quando machos e fêmeas saem das tocas para acasalar e colocar ovos. Segundo o Ibama, os animais ficam mais vulneráveis à captura nesse momento que acontece nas luas cheia e nova.

Estabelecimentos com atividades relacionadas ao uso do caranguejo-uçá deverão informar, ao Ibama ou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a relação detalhada dos estoques do animal até o último dia útil que antecede cada período de andada. Os estoques transportados devem estar acompanhados, da origem ao destino final, e de autorização emitida pelo Ibama.

Imprimir