Iniciado julgamento dos acusados de enterrar homem vivo em canteiro de obras na capital sergipana

0

Na manhã quinta-feira (5) foi iniciado o julgamento dos acusados de matar o técnico em iluminação, Crizzan Cruz Santos de 21 anos no dia 06 de fevereiro de 2015. A previsão é o que o julgamento seja concluído até o próximo sábado (7).

Segundo a polícia ele foi espancado e enterrado vivo em um canteiro de obras em Aracaju. E o corpo foi encontrado 15 depois.

O Ministério Público deve pedir a condenação por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e pela subtração dos pertences da vítima. As investigações apontam que Crizzan teria se negado a participar de um esquema para roubar materiais da obra.

Durante o julgamento, a juíza Soraia Gonçalves de Melo vai ouvir testemunhas e também a versão dos acusados.

Entenda o caso
O corpo do homem foi encontrado sob o chão da Unidade de Saúde Amélia Leite, no bairro Suíssa, em Aracaju.

De acordo como informações da polícia, a vítima era funcionário da obra e estava desaparecida há 15 dias. “ A família nos procurou e as investigações nos trouxeram até a construção, o que confirmou a nossa suspeita inicial”, afirma a delegada Juliana Alcoforado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte:G1

Veja o Vídeo produzido pelo programa Cidade Alerta Sergipe:

Vídeo: TV Atalaia

Imprimir