Seja bem-vindo
Estância,21/07/2024

  • A +
  • A -

'Você primeiro...', 'Não, você primeiro':Putin e Kim Jong-un disputam para ver quem é o mais gentil ao entrar em veículo

g1.globo.com
'Você primeiro...', 'Não, você primeiro':Putin e Kim Jong-un disputam para ver quem é o mais gentil ao entrar em veículo


Cena ocorreu logo após a chegada do presidente russo à Coreia do Norte, na terça-feira (18). Países assinaram pacto de parceria estratégica que inclui uma cláusula de assistência mútua no caso de agressão estrangeira. Putin e Kim Jong-un disputam para ver quem é o mais gentil ao entrar em carro
A visita do presidente russo, Vladimir Putin, ao ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un --dois dos líderes mais temidos pelo Ocidente--, foi marcada por um momento curioso de "troca de gentilezas": logo após sair do avião em Pyongyang, os dois chefes de Estado discutiram, amigavelmente, sobre quem entraria primeiro no carro oficial.
Ao fim da cena, registrada nesta terça-feira (18) e divulgada pelo Kremlin, Kim "vence" a queda de braço e o visitante entra no veículo, enquanto o norte-coreano se dirige à porta do outro lado. (Veja no vídeo acima)
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
O presidente russo, Vladimir Putin, que faz nesta semana sua primeira visita à Pyongyang em 24 anos, disse que a aliança é uma forma de "lutar contra a hegemonia dos Estados Unidos" e de países aliados. A visita aumentou os alertas do Ocidente. (Leia mais abaixo)
Antes da reunião com Kim Jong-un, Putin participou de uma cerimônia de boas-vindas que contou com a presença de militares e uma multidão de civis.
Nesta quarta-feira (19), os líderes de Rússia e Coreia do Norte assinaram um acordo de parceria estratégica, o mais forte desde a Guerra Fria, e prometeram ajuda mútua em caso de ataque.
LEIA TAMBÉM:
Por que aliança entre Rússia e Coreia do Norte interessa a Putin e Kim Jong-un?
Por que aliança fortalecida entre Putin e Kim Jong-un preocupa tanto os EUA
Depois de elogiar limusine de Putin, Kim Jong-un recebe carro de presente do líder russo
Por que aliança fortalecida entre Putin e Kim Jong-un preocupa tanto os EUA
Putin e Kim Jong-un trocam gentilezas em visita de líder russo à Coreia do Norte
Reprodução
Parceria estratégica
O presidente russo e o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, assinaram um acordo de parceria estratégica em Pyongyang, informaram agências de notícias russas. Segundo Putin, o acordo inclui uma cláusula de assistência mútua no caso de agressão estrangeira contra um dos dois países.
A parceria também prevê, de um lado, apoio da Rússia a manobras de Pyongyang perto da Coreia do Sul, o que deve piorar ainda mais a relação entre as duas Coreias, que já vem piorando desde o ano passado.
Do outro lado, o governo norte-coreano também dará mais apoio à Rússia na Guerra da Ucrânia -- segundo os EUA, Putin utiliza na guerra munições e mísseis fornecidos por Kim Jong-un. Ambos negam.
Vladimir Putin é recebido por Kim Jong-un em cerimônia na Coreia do Norte, em 19 de junho de 2024
Vladimir Smirnov/Sputnik via Reuters
“Hoje, um novo documento fundamental que estabelecerá as bases das nossas relações de longo prazo está pronto”, disse Putin, citado por agências de notícias russas. Depois da cerimônia, o presidente da Rússia agradeceu o apoio "inabalável" da Coreia do Norte à política russa, inclusive no que diz respeito à Ucrânia.
Putin disse ainda que os Estados Unidos e países aliados possuem uma política hegemônica e imperialista, que está sendo combatida por ele.
Já Kim Jong-un afirmou que as relações entre Rússia e Coreia do Sul estão entrando em um período de nova prosperidade. O ditador norte-coreano afirmou ainda que apoia completamente a "operação militar" na Ucrânia e reforçou o apoio "incondicional" à Rússia.
Coreia do Norte e Rússia também tinham acordos de parceria durante a Guerra Fria. Moscou e Pequim apoiaram Pyongyang durante a Guerra das Coreias.
NOVA GUERRA FRIA: Por que aliança fortalecida entre Putin e Kim Jong-un preocupa tanto os EUA
FEZES x K-POP: entenda a guerra de balões entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul
Putin e Kim Jong-un durante encontro na Coreia do Norte, em 19 de junho de 2024
Sputnik/Gavriil Grigorov via Reuters
Os Estados Unidos temem que a Rússia contribua para o programa nuclear e armamentista da Coreia do Norte.
Além disso, o governo norte-americano acusa a Rússia de usar armas da Coreia do Norte na Ucrânia. Tanto Moscou quanto Pyongyang negam troca de armas.
Ainda durante o encontro, Putin convidou Kim Jong-un para uma nova reunião em Moscou. O ditador norte-coreano esteve na Rússia em setembro de 2023. No entanto, à época, o encontro com Putin aconteceu em uma cidade próxima à fronteira com a Coreia do Norte.
Kim e Putin também tiveram uma reunião fechada para discutir os temas "mais importantes e sensíveis".
VÍDEOS: mais assistidos do g1
d




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.