Possível esquema de venda de resultado coloca o Estanciano em mais um escândalo que mancha a história do clube

0

Nas ultimas 24h a veiculação de um áudio narrando um possível esquema para venda de resultados do Estanciano na Copa São Paulo de Futebol Jr colocou em cheque a reputação do clube e ascendeu o sinal de alerta da apaixonada torcida Canário Chopp que cobra explicações por parte dos envolvidos na situação.

Segundo as informações, um dos atletas da equipe gravou uma possível conversa dele com o dirigente do clube, Sidney, e um aliciador que tinha como objetivo fazer com que os jogadores facilitassem a derrota do time, o que beneficiaria um  esquema de resultado em um programa de apostas em “maquininhas de jogo”. Em contrapartida, além de valores em dinheiro, os jogadores teriam a garantia de uma possível ida para o futebol chinês.

Por conta do possível esquema, de acordo com informações, o treinador da equipe, Ricardo Pereira, abandonou a equipe e já retornou para a cidade de Estância, onde descansa após a decepção com o time que ele acreditava fazer história na competição.

Com o intuito  de apurar o ocorrido e tentar uma explicação para esse possível esquema de venda de resultados,  a redação do Diário Sergipano  entrou em contato com o treinador da equipe, o professor Ricardo Pereira; um dos patrocinadores do time, Valdevan 90 e o presidente do Estanciano, Sidney. O patrocinador e o treinador responderam as mensagens, no entanto, o presidente não conversou coma nossa equipe.

Embora tenha confirmado  o possível esquema, o professor Ricardo declarou que não queria falar nesse momento mais profundamente sobre o ocorrido.

“Eu não vou comentar muito sobre isso, pois ainda estamos resolvendo algumas coisas, mas pode ter certeza que nunca concordei e nem vou concordar com corrupção de ninguém. Teve sim uma proposta de um pessoal lá, mas não concordei com nada não”, declarou o treinador, salientando que já havia passado toda a situação para o patrocinador do clube. Ouça o áudio:

Segundo Valdevan 90, que falou por telefone com a nossa redação, após receber a informação ele se encontrou com o treinador em Salvador e em seguida se dirigiu  para São Paulo para acolher os jogadores e tentar reverter a situação. O patrocinador lamentou a situação e adjetivou como vergonhosa a situação para o clube  e para o dirigente. Ouça o áudio.

“Agente faz investimento para ver futuro melhor para a nossa garotada e para o esporte e infelizmente tem pessoas que só pensam no umbigo e  sai de Estância para assediar jogadores para entregar o jogo e se criar resultado, isso  é vergonhoso para o esporte e vergonhoso para esse cidadão”, declarou.

Segundo Valdevan 90, assim que o presidente do clube  soube da sua  ida a São Paulo ele tratou de sair da cidade para evitar o encontro com o patrocinador. Ouça o áudio:

Por telefone a redação do “DS” tentou contato com Sidney, no entanto, não obteve êxito.

 Na primeira partida, pelo grupo 19 o Estanciano perdeu por 3×2 para o Itapirense-SP . Hoje, às 19h o Canarinho enfrenta o Fortaleza.

A redação do DS está a disposição do presidente Sidney ou de qualquer outro citado para eventuais explicações.

Por: Pisca Jr

Imprimir