Sem Gas: Empresa vende 480 botijões em poucas horas e zera o estoque em Estância

0

Os estancianos já estão sentindo na pele as consequências da greve dos caminhoneiros que se arrasta ha dez dias em todo o Brasil. Desabastecimento de combustíveis, mercadorias e gás de cozinha são alguns dos exemplos das consequências dessa manifestação. Segundo informações repassadas a redação do nosso portal, está cada dia mais difícil adquirir gás de cozinha, e agora, com um agravante: A greve dos petroleiros.

Durante a manhã desta quarta-feira,30, a redação do “Diário Sergipano” entrou em contato com as maiores distribuidoras de gás do município, e em todas elas os estoques estão zerados.

Na Cell Gás, localizada na BR 101, em frente a EVEL, o estoque está zerado e não há previsão da chegada da mercadoria.

“Vendemos ontem, em poucas horas, 480 unidades do botijão com gás de cozinha. Tínhamos a previsão da chegada de outro carregamento para hoje, no entanto, com a greve dos petroleiros não sabemos mais quando teremos o produto”, destacou o proprietário da empresa.

Na distribuidora Cerveja e Cia a situação não é diferente. Por telefone um funcionário destacou que não tem previsão da chegada do produto.

Nas redes sociais as empresas informaram a falta do produto.

Por: Pisca Jr

Imprimir