Morre homem que fez refém em Simão Dias

Polícia reage, dispara e atinge acusado por cárcere privado

O homem que manteve como refém um servidor do município de Simão Dias foi atingido por tiro disparado por policiais e morreu no hospital do município. O óbito do acusado foi confirmado pelo delegado Klever Farias, do município de Simão Dias, no início desta tarde. Segundo o delegado, as negociações para que a vítima fosse libertada durou cerca de quatro horas.

O delegado acompanhou toda a ação ocorrida dentro de uma repartição pública e caracteriza o crime como cárcere privado e tentativa de homicídio. De acordo com o delegado, a vítima conseguiu se soltar do agressor e apresenta um corte em uma das mãos e marcas no pescoço, provocados pela faca usada pelo agressor durante a ação criminosa.

No período, conforme o delegado, o agressor segurou a faca colocada junto ao pescoço da vítima. “E então ocorreu a necessidade de efetuar o disparo”, explicou o delegado. Ferido, o agressor foi socorrido e encaminhado para a unidade de saúde do município, onde o óbito foi constatado.

Por Cássia Santana – Infonet


Últimas notícias