Vereador André Graça: “Vote nas Sete Maravilhas de Estância”

0

“As Sete Maravilha de Estância”, projeto que nasceu da lavra do vereador André Graça, atual presidente da Câmara Municipal de Estância, está em processo de votação. O projeto foi abraçado pelo prefeito Gilson Andrade, que através da Lei Nº 1.927/2017, está gerando a oportunidade de serem conhecidas quais as maravilhas mais apreciadas pelos estancianos.

No site www.setemaravilhas.estancia.se.gov.br – criado pera esta finalidade – podem ser visitas as maravilhas que estão em votação virtual. Cada “candidato” pode ser votado pelo internauta. Lá estão listadas: Barco de Fogo, Batucada, Buscapé, Casario da Família D’Ávila, Catedral, Ciclo Junino de Estância, Praia do Saco, Complexo da Fábrica Santa Cruz, Complexo do Porto D’Areia, Farnaval: Potencial Turístico, Igreja do Rosário, Lagoa dos Tambaquis, Lira Carlos Gomes, Obras de Judite Melo, Ponte do Bonfim, Palmeiras Imperiais, Praia das Dunas, Praia dos Abais, Trapiches do Bairro do Porto, Vila Operária e Mestres e Musicalidades. A votação tem como período de 29 de novembro a 29 de dezembro. Somente pelo site.

“Estamos contentes com o apoio ao nosso projeto e agradeço a todos pelo empenho”, disse

O vereador André Graça – autor do projeto –  agradece o apoio do prefeito Gilson Andrade, o apoio do secretário Carlos Menezes, o apoio de toda equipe da Cultura e está contente com a aceitação do projeto em função do grande número de atrativos inscritos. O projeto tem como finalidade revelar aos estancianos a diversidade dos recursos naturais existentes.

De acordo como edital, o projeto visa salvaguardar e valorizar o patrimônio histórico cultural, ambiental e valor material. Assegura o secretário da Cultura do Município, Carlos Menezes, há o interesse turístico de ser criada uma política de visitação destes lugares e, também, ilustrar publicidades de interesse do Município.

As Sete Maravilhas de Estância até o final deste mês serão reveladas para a cristalização da estancianidade e valorização dos atrativos existente.

 

Por:Genílson Máximo

Imprimir